22.12.06

Da ofensa total

Desisto de tentar compreender a noção de liberdade desta gente (e quem são eles afinal?!...) já que não a entendem fora do culto dogmático da laicidade do estado público. É, enfim, uma liberdadezeca disfarçada, daquela que mantém a ordem das mentes na amalgama do colectivo igual e indistinto. Acresce o facto de não terem mais nada para fazer que não seja a profanação de um Presépio. Uma coisa é não querer vê-lo ali, segundo um certo sentimento de "ofensa" à tal liberdadezeca, outra é demonstrarem-no desta forma! Serão estes senhores uma espécie de policia do pensamento?

ps: post dedicado ao regresso de um pseudo-monárquico, também ele ofendido.

18 Comentários:

Anonymous António Bastos disse...

Esse pseudo-monárquico como muitíssimo bem lhe chama o meu amigo Simão confunde dois aspectos essenciais que não deveriam ser confundidos: laicidade e laicismo. A primeira representa a justa separação das duas esferas mas na qual ambas colaboram na procura do Bem e sem que o Estado se imiscua na vida da Igreja e das diferentes religiões. As leis não podem definir o Bem apenas podem proibir o mal. Falar de Bem sem uma relação a uma transcêndia, isto é, a um Absoluto é uma total utopia. É por isso que o Ocidente soçobra hoje sob o peso dessa forma de totalitarismo que é o relativismo. A segunda uma espécie de religião imanente, fruto do humanismo ateu (o da "rapaziada do avental") que pretende banir da esfera pública toda e qualquer referência à transcendência e que, por isso leva inevitavelmente à amputação da dimensão espiritual do Homem. Isto é, sem margem para dúvidas, um crime. Como escrevia Lubac na introdução do seu clássico "O drama do humanismo ateu" "Não é verdade que o homem, contrariamente aquilo que por vezes se diz, não possa organizar a Terra sem Deus. O que é verdade, é que sem Deus, ele apenas pode faze-lo contra o próprio Homem. O humanismo exclusivo é um humanismo inumano". A nossa espiritualidade não se manifesta unicamente na esfera privada mas também na social. Além disso esse pseudo-monárquico já deveria ter compreendido que são esses mesmos princípios que estão na génese do fenómeno totalitário (o socialismo na sua dimensão nacionalista e internacionalista)tal como o conhecemos no séc. XX e do actual relativismo como já referi. O facto de o Estado se referir a um Absoluto, no caso português a Cristo, não significa que se imponha a religião católica a quem quer que seja. Como todo o acto de amor este só tem sentido se resultar de uma opção livre e responsável. Já chega de confusões nestas questões!

20:36  
Anonymous Anónimo disse...

Referir-se-lhe, é já um enorme disparate. Mas pensa quem pode.

22:42  
Blogger Vitório Rosário Cardoso disse...

A pior coisa que se pode fazer é dar-lhes atenção. A comunagem, aquilo que de facto são, não merecem qualquer tipo de atenção, nem a opinião deles serve para alguma coisa. O melhor é dar TOTAL desprezo e nem sequer ter qualquer tipo de consideração para com as suas posições Políticas. É ignorá-los e continuarmos a defender os valores da Civilização. Trabalharmos na positiva e não pela reacção. Eis o jogo que eles querem que nós façamos, que a nossa estratégia seja pela reacção, pelo caminho por eles traçado. Hoje, muitas vezes assistimos reacções do politicamente correcto que não serve. O politicamente é definido pela ordem actual, pela norma vigente e a norma vigente, pelo menos em Portugal, actualmente, é de esquerda. Há imensos complexos de esquerda e para aqueles que têm medo em não alinhar nompoliticamente correcto, não são mais do que mercenários, logo estão no caminho do quem dá mais. Eis a nota para não se cair nesta tentação, pois são estes os Traidores que querem agradar a Gregos e Troianos, ou a Deus e ao Diabo. O destino desses está traçado: "Roma traditoribus non premia", Roma não paga a traidores.

02:36  
Anonymous António Bastos disse...

Parabéns, Vitório Cardoso. Não poderia estar mais de acordo consigo. Se lhes "dermos trela" estamos a trilhar os caminhos que eles querem e a cair nessa pérfida cilada. João Paulo II dizia que só o Bem vence o Mal, é por isso que nunca poderemos almejar o Bem calcorreando os ínvios caminhos do Mal. Um abraço para si e muito obrigado pelo seu tão oportuno comentário.

14:32  
Blogger JSarto disse...

Caro amigo, isto é de facto inadmissível; logo que possa, direi mais qualquer coisa no meu blogue.

17:17  
Blogger Simão dos Reis Agostinho disse...

Caríssimos
Dizia-me em tempos um amigo que basta conhecer o Bem. Quanto ao mal, não nos preocupemos com ele. Basta ver a Luz para não mais querer conhecer a escuridão.
Acontece que vivemos no breu. Daquele que nos faz querer andar de candeia na mão. Ignora-lo seria não "olhar" para a própria realidade. E foi nesse sentido que escrevi estas linhas, sobre algo que me pareceu ser o reflexo mais do que condenável da ausência da Luz, que é a laicidade. Não se trata de seguir a linha marcada pelo inimigo, mas de a desfazer por completo, repudia-la na réstia de liberdade de expressão que a blogosfera proporciona nesta república. É sempre nesse sentido que critico.
Desprezar o inimigo é deixa-lo actuar sobre nós, e sobretudo à nossa margem. Compreendo que se inverta a leitura considerando a critica como holofote sobre o adversário. Queiram contudo perdoar-me pensar de outra forma.

cumprimentos

01:32  
Anonymous António Bastos disse...

Não é laicidade, Simão, é laicismo. Não leste o meu primeiro comentário?
Um abraço

02:35  
Blogger Paulo Cunha Porto disse...

Não Se consuma com o ridículo dessa gente, Meu Caro Simão.
grande abraço e Santíssimo Natal.

12:43  
Blogger Simão dos Reis Agostinho disse...

Caro António
Olha, é laicismo e laicidade!

Amigo Paulo, agradeço e faço-lhe os mesmo votos. E se não me consumir pela dor da profanação de um presépio, é porque alguma coisa vai mal...

cumprimentos

13:14  
Blogger Vitório Rosário Cardoso disse...

Caro Simão,

Por vezes não vale a pena chorar sobre sangue derramado. O que devemos fazer é justamente evitar tais situações, combatendo-los implacavelmente e sem tergiversações, e prevenir que eles actuem sobre o "terreno neutro", envenenando-lo. Numa segunda fase sim, a seguir à profilaxia, será o combate puro e duro para erradicá-los.

15:26  
Blogger pedro guedes disse...

Um Santo Natal para si, caro Simão, extensível a todos os que me antecedem no comentário! Um abraço.

15:50  
Blogger O Corcunda disse...

Bom Natal para o Simão e o António, que ja tomo esta casa como dele.
Um abraço e até breve

16:51  
Blogger JSarto disse...

Votos de um Santo e Feliz Natal!

18:45  
Blogger FSantos disse...

Feliz Natal para o caro Simão e todos os que lhe são queridos.

19:14  
Blogger Vitório Rosário Cardoso disse...

Caro Simão,

Neste texto de Manuel Azinhal, merece a pena dar uma vista de olhos:
http://viriatos.blogspot.com/2006/12/afinidades-electivas.html

Um Santo e Feliz Natal e bem vindo a bordo: http://passaleao.blogspot.com/2006/12/aos-confrades-um-natal-no-extremo.html

22:52  
Blogger G. Couceiro Feio disse...

Aquela rapaziada pseudo-libertária alimenta-se da ignorância própria e alheia. Ignorá-los é dar-lhes a importância que eles têm: nenhuma. Mas deixá-los progredir é demasiado perigoso. Subscrevo o que o Vitório disse a propósito do «terreno neutro»
Cumprimentos a todos.

12:14  
Blogger vitório rosário cardoso disse...

quem quer comprar carne de 1ª qualidade é favor de me contactar...vendemos carne fresca do sudoeste asiático.Carne tenra e fresca ( ainda menores)de primeira mão, sem doenças contaminadas, algumas ainda usa fraldas....vitório é prova de qualidade. também tenho bom vinho, da terra do meu avô, loucor beirão acompanhado com o chouriço português do meu avô...ainda tenho pra vender os meus tomates, ainda virgens e frescas...acompanha de suco bem doce...pois confeço que tenho diabetes, ainda vendo em saldos bananão bem grande de de marca tiu monte, acreditam que nunca virão banana tão grande e rígida, também acompanhada de suco que é especialidade da casa...não esqueçam que também tenho chourição (dos grandes)à venda e tão boa qualidade que até se vibram...fazemos entregas ao domicílio...para terminar apresento-vos o meu chouricao de burro, directamente do meu quintal sempre de melhor qualidade, e garanto-vos quevao ficar mais espertos depois de comer chouricao de burro

saudações

01:34  
Blogger Xiaozhengm 520 disse...

rolex watches outlet
coach outlet
oakley sunglasses
kate spade outlet
jordan 3
longchamp outlet
tory burch outlet
true religion jeans
michael kors outlet
jordan 8
mont blanc pens
tory burch sale
louis vuitton handbags
christian louboutin outlet
jordan shoes
nike nfl jerseys
oakley sunglasses
adidas shoes
michael kors outlet online
michael kors handbags
nike air max
ralph lauren outlet
ray ban sunglasses
cheap jordans
nike free run
michael kors outlet
nike air max
toms shoes
kobe bryant shoes
vans shoes
coach outlet
adidas shoes
burberry outlet
toms outlet
michael kors outlet clearance
ray ban sunglasses outlet
jordan 11s
louis vuitton bags
christian louboutin outlet
true religion outlet
2016.6.30haungqin

05:52  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial