16.10.06

A pseudo-cultura mediática











Quando um grupo da esquerda radical barrica-se num teatro público, impede a realização dos espectáculos e apela ao levantamento popular, onde andam a PSP que resolve assaltos a bancos e a GNR de dedo leve no gatilho?
Quem é que impõe o medo de tocar nesta gentalha?
Um gajo passa-se… e acaba a levantar questões de resposta fácil!

3 Comentários:

Anonymous Flávio Gonçalves disse...

Um desperdício de energia revolucionária, é o que é!

13:54  
Blogger Paulo Cunha Porto disse...

Não lhes passe cartão, Caro Simão, que estes são inofensivos.
Abraço.

19:07  
Blogger Simão dos Reis Agostinho disse...

Passo cartão sim senhor, até lhes passava ordem de execução - Deus me perdoe.

23:08  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial