15.11.06

Conheço quem veja maçonaria em todo o lado. Passear na rua com um muito estimado amigo meu, é ir descortinando a simbologia de uma ou outra fachada, aquele ou este cartaz, esta ou aquela pessoa. Um verdadeiro descodificador do significado oculto de tudo. É a grande conspiração mundial, o poder secreto - ou será discreto? - das Lojas e a influência velada dos aventais no todo social. Haja qualquer ponta de desconfiança e a conotação foge para a revolução francesa.
- "Epá, estás a ver aquilo"?
- "Estou, e nem precisas dizer mais nada que já sei em que estás a pensar"!

Os mitos que a direita engendra só o são porque nisso os transformam. Óbvio que há disparates de todo o tamanho, patranhas impensáveis e teorias rocambolescas o suficiente para fazer corar. Mas o pingo de verdade em muito do que se vem dizendo ao longo dos anos é de manter no que dele é sustentável. Não poderá alguém de bom senso dizer que, por exemplo, a maçonaria não influi em nada com a vida partidária, logo politica e de soberania, de todos os países democráticos e em que existam as chamadas sociedades complexas. Bem como não admitir que os judeus americanos são maioritariamente iniciados. O problema surge precisamente quando a fábula toma conta da verdade, de maneira a ocupar mentes sequiosas de actividade, já que a acção de que se deveriam ocupar é maçadora o suficiente para lhe deitarem mão. É mais fácil ludibriar a inteligência e viver na fantasia.
É neste sentido que concordo em muito com o que o Miguel Castelo-Branco diz. Mas não em tudo.

ps: Aquele amigo que refiro pratica a mitologia por desporto. No fundo, ele sabe que nem tudo é mau.

5 Comentários:

Anonymous Flávio Gonçalves disse...

Que las hay, las hay. Eles andem aí =)

17:45  
Blogger Simão dos Reis Agostinho disse...

É verdade, caro Flávio.
abraço

19:23  
Anonymous Anónimo disse...

La masonería, enemiga de España

20:44  
Anonymous Anónimo disse...

La masoneria persigue la destruccion de España

20:44  
Anonymous Anónimo disse...

L.I.F.

18:53  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial