18.11.06

"Isto merece um postal" - uma descarga mental

Começa a ser usual ouvir estas palavras, em jeito de pedido, normalmente em ocasiões menos próprias! Desta vez resolvi publicar para satisfação do "pedinte", já que as últimas horas foram, de facto, estranhas... no mínimo.
Um telefonema e a vida muda. Fica tudo de pernas para o ar! Eu que pensava passar umas boas noites de trabalho frente ao ecrã, fui ontem "arrastado" para a capital (mais queria eu ir...) de forma a engrossar uma festa académica, feita em residência típica do Estado Novo, bar com preços apetecíveis, gente a conhecer. Foi bom, para além de não ter aparecido a autoridade policial reclamando um som mais baixo que não perturbasse o descanso dos vizinhos. Gostava de ter visto, mas os homens fizeram folga ou talvez estejam fartos de ter de alinhar sempre na cantilena do "somos estudantes, sabe como é".
Estes encontros noctívagos da "promissora" nata da nação são sempre agradáveis, mais que não seja como local de estudo sociológico. Vê-se e ouve-se de tudo, tentam-nos com outro tanto, ficamos metidos num algazarra de pseudo- embriagados mais ou menos cambaleantes. E está ali o futuro de Portugal...
Acordei à toa, meio perdido. Tinha encontro na Rádio Azul de Setúbal, pelas 15h, para uma "aula" de mesa de mistura. A cara Ana Amaral, expert na matéria, mostrou-se uma excelente professora e futura colega. E é engraçado como imaginamos sempre quem está por trás das vozes da radio e acabamos por nos desiludirmos (neste caso no bom sentido... excelente, aliás!).
Neste momento, penso já na saída desta noite e no quão estúpido fui em não ter pedido os contactos da melhor voz das rádios da margem sul!! Trabalho não me falta em cima da secretária... mas que se lixe! Estou farto da porcaria do curso, mais os professores imbecis, os colegas mente-captos e as matérias viciadas.

1 Comentários:

Blogger Paulo Cunha Porto disse...

Caríssimo Simão:
Eu fiquei farto do meu ao segundo dia!
Mas veja como ficou a Sua noite de ontem: trocou uma mistura humana por uma mistura mecânica! Dito assim tem mau aspecto, mas se pensarmos que aquela por que optou O fará ser ouvido e que na outra não se escuta ninguém...
Abraço.

21:02  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial