2.2.08

Reino de Portugal

Visitei ontem por breves instantes um Reino há muito desaparecido, Portugal. Nesta visita tive a grata companhia, em primeiro lugar dos meus filhos, e em segundo de dois grandes amigos que dispensam apresentações. Estar rodeado de portugueses fieis à sua História, e da qual se orgulham, junto daquele que a corporiza, e para a honrar a memória de alguém que por ela deu a vida é algo de inefável, sobretudo sabendo que há cada vez menos portugueses e cada vez mais “tugas”, (“Homo Abrilinus”, cujo “patriotismo” se resume a apoiar uma equipa de futebol de 2 em 2 anos). Aliás enquanto visitávamos o reino havia um grupo de “tugas” que emitia sons de uma forma desconexa como que para nos relembrar que infelizmente esta visita mais não era do que “um engano da alma ledo e cego que a fortuna não deixa durar muito”, como diria o poeta. Apesar de tudo creio poder dizer que naquele momento e naquele local do Terreiro do Paço, “cumpriu-se” Portugal. Um grande bem-haja a todos os que estiveram presentes!

2 Comentários:

Blogger Nuno Castelo-Branco disse...

Nem faltaram os "anarquistas", tal como há cem anos. É que esses "anarquistas" têm partido, o do "financista" Louçã e do "estoriador" Rosas. enfim, a escumalha costumeira...

19:27  
Blogger Nuno Castelo-Branco disse...

SUGIRO A TODOS, O ENVIO AO PROVEDOR DE PROGRAMAS DA RTP, DE UM ROTUNDO PROTESTO PELA MISERÁVEL E CANALHA SÉRIE QUE ESTÁ A SER TRANSMITIDA COM O NOME "O Dia do Regicídio". Mais uma canalhice do mais baixo nível. "Enredo" aborrecido, historieta que gira única e exclusivamente à volta do coitado do Buíça que surge como um anjo. Amantes, écharpes de Paris e muitos mitos criados pelos canalhas: o rei que só pensava em p..., touradas e caçadas; uma rainha traída e beata; "homens sérios e bons", como o pulha do Costa, Almeida, etc. Uma VERGONHA, FEITA COM O N O S S O DINHEIRO. PROTESTEM! UMA TORRENTE DE PROTESTOS, POR FAVOR!

11:54  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial